SAMBA Belo Horizonte

Logística perfeita, no coração da Capital Mineira! A partir de R$ 149,00 + taxas.

O SAMBA Belo Horizonte Centro fica próximo aos grandes pontos turísticos e culturais de BH, na principal avenida, a logística perfeita para você!

RESERVAS A PARTIR DE 15 DE JANEIRO!

SAMBA Belo Horizonte Centro, na av. Afonso Pena, com formatação ideal para o público que vem à capital para palestras e workshops nas inúmeras empresas localizadas na região. Apartamentos modernos e usuais, com ar condicionado, wi-fi e frigobar. O hotel tem os pontos turísticos de BH e o circuito cultural bem a mão, como Palácio das Artes, Teatro Francisco Nunes, Conservatório UFMG e o imperdível Mercado Central, se tornando a opção ideal também para os diversos eventos culturais ofertados pela cidade. 

O SAMBA BELO HORIZONTE centro possui:

• Linda vista da Praça 7 e região;

• 2 salas de convenções para até 120 pessoas cada;

• Wi-Fi cortesia em todo o hotel;

• Ar Condicionado;

• Secador de Cabelos;

• Minibar;

• Cofre no quarto;

• Restaurante;

• TV;

• Recepcionista Bilíngue.

 RESERVAS A PARTIR DE 15 DE JANEIRO!

CONTATOS: 
Telefone de reservas: 0800 20 SAMBA ou 0800 20 72 622 
Telefone direto de reservas: (31) 3888-6161
E-mail de reservas: reservas@sambahoteis.com

ACOMODAÇÕES: Todas as acomodações são aconchegantes e com temática moderna, preparados para garantir o conforto e descanso com montagens ideais para single, duplo ou casal.

SAMBA SUPERIOR: 

Tamanho: 21 m² 

Montagem: Solteiro e Casal

Café da manhã à parte:  R$ 27,90 (por pessoa)

Horário de check-in/out: 14h / 12h.


SAMBA EXECUTIVO: 

Diferencial:
 bela vista para a avenida central. 

Tamanho: 21 m² 

Montagem: Solteiro e Casal

Café da manhã à parte:  R$ 27,90 (por pessoa)

Horário de check-in/out: 14h / 12h.

 

SAMBA Belo Horizonte Centro: Av. Afonso Pena, 772 - Centro, BH-MG, 30130-009

O que mais tem em Belo Horizonte é opção de turismo!
Confira aqui algumas dicas:

Praça Sete de Setembro: Marco zero do Hipercentro de Belo Horizonte, a Praça Sete está no cruzamento das principais avenidas da cidade – Afonso Pena e Amazonas. É o coração da cidade, o centro nervoso da capital mineira. Ah! Esse ponto nturístico pode ser apreciado das janelas do Hotel Samba Belo Horizonte Centro!

Parque Municipal: O parque conta, ainda, com quadra de tênis, pistas de patinação e de cooper, aparelhos de ginástica, bar, lanchonete, sanitários, administração e guaritas, lagos com barcos a remo e pedalinhos, bosques, caminhos, trilhas e recantos diversos com bancos e jardins.
Infraestrutura do parque:

Brinquedos
Equipamentos de ginástica
Pista de caminhada
Quadra poliesportiva
Pista para skate
Quadra de tênis
Parque de diversões

Palácio das Artes: O Palácio das Artes reúne, num mesmo endereço, importantes equipamentos culturais como o Grande Teatro do Palácio das Artes, Teatro João Ceschiatti, Sala Juvenal Dias, Cine Humberto Mauro, Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, Galeria Genesco Murta, Galeria Arlinda Corrêa Lima, Galeria Mari’Stella Tristão, Midiateca João Etienne Filho e o Centro de Formação Artística e Tecnológica – Cefart.

Nesse ambiente, convivem diariamente maestros, diretores artísticos, cineastas, artistas de teatro, dança, música e artes visuais, curadores, produtores, gestores, pesquisadores e estudantes de arte, oferecendo ambiência ímpar aos interessados em todos os passos do fazer artístico.

Mercado Central de BH: Temperos, aromas, sabores, crenças, cores: todas as características mais marcantes da cultura mineira dão charme e muita personalidade ao mercado mais querido de Belo Horizonte.  Há mais de oito décadas, o Mercado Central é ponto turístico para quem vem de fora e ponto de encontro para quem vive na cidade.O mercado possui mais de 400 lojas, oferece serviço de informações bilíngue, atrai todos os dias milhares de visitantes de todos os lugares do Brasil e do mundo e, em seus corredores, guarda grandes memórias e muitas histórias para contar.

Centro Cultural Banco do Brasil: Inaugurado em 27 de agosto de 2013, o CCBB Belo Horizonte é resultado de uma parceria entre o Banco do Brasil e o Governo do Estado de Minas Gerais e integra o Circuito Liberdade, complexo de antigos prédios da administração pública que se tornaram espaços de cultura, artes e lazer, em um dos mais belos cartões postais da capital mineira. É a sexta instituição cultural mais visitada no Brasil e a 95º no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2014).

Casa Fiat de Cultura: A Casa Fiat de Cultura, responsável por realizar grandes exposições de arte, está instalada em nova sede no Palácio dos Despachos, edifício que integra o conjunto arquitetônico e histórico do Palácio da Liberdade e o Circuito Liberdade, importante corredor cultural do país. A instituição, mantida pelas empresas do Grupo Fiat, realizou completa revitalização e restauro do prédio, implantando a mais moderna tecnologia museológica dentro de padrões internacionais.

Mirante do Mangabeiras: Considerado área de preservação ambiental, está localizado no bairro das Mangabeiras, atrás do Palácio do Governador, em uma área de aproximadamente 35.400 m2. Com dois decks de madeira instalados, medindo cada um cerca de 125m2, o Mirante proporciona aos visitantes uma linda visão panorâmica da cidade e do Parque das Mangabeiras.

Centro de Referência de Moda: Belo Horizonte ganhou seu primeiro Centro de Referência da Moda. O CRModa ocupa uma das mais belas edificações da cidade. Localizado na esquina da Rua da Bahia com a Avenida Augusto de Lima, o edifício é tombado pelo IEPHA-MG. O local é dotado de duas salas para exposição, salão de música, acesso gratuito à Internet e biblioteca, que conta com acervo especial sobre moda. O espaço atende a estudantes universitários de moda, professores, estilistas, profissionais do comércio, indústria e comunidade em geral.

Igreja São Francisco de Assis: Uma das principais atrações do conjunto arquitetônico e urbanístico da Pampulha, a Igreja São Francisco de Assis, emoldurada pelas águas da lagoa, reúne as genialidades do arquiteto Oscar Niemeyer, do paisagista Burle Marx e do pintor Cândido Portinari. A combinação gerou a construção em tons azuis, com linhas e curvas totalmente revestida por azulejos e pelos painéis que retratam a Via Sacra e a imagem de São Francisco. A igreja permaneceu durante 14 anos proibida ao culto. Aos olhos do arcebispo Dom Antônio dos Santos Cabral,a igrejinha era apenas um galpão, apesar de, em seu interior,abrigara Via Sacra, constituída por 14 painéis de Cândido Portinari, considerada uma de suas obras mais significativas. Os painéis externos também são de Cândido Portinari– painel figurativo,e de Paulo Werneck –painel abstrato. Os jardins são assinados por Burle Marx.

Estádio Mineirão: O cinquentenário estadio, tem capacidade para 62 mil pessoas. A arquibancada superior comporta cerca de 39 mil torcedores e a arquibancada inferior possui 23 mil assentos. Palco de grandes momentos da história do Futebol, passeio imperdível! 

Museu de Arte da Pampulha: Projetado para ser um cassino no início da década de 1940, durante a administração do prefeito Juscelino Kubitschek, o prédio que abriga hoje o Museu de Arte da Pampulha (MAP) foi o primeiro projeto de Oscar Niemeyer para o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. O MAP oferece continuamente visitas orientadas, técnicas e mediadas, incluindo também oficinas, atividades e exercícios práticos, encontros e conversas com artistas e convidados.

Circuito da Liberdade: O Circuito Liberdade foi inaugurado em 2010 e já é reconhecido como um importante corredor de cultura do País. Abrigado em uma área histórica de Belo Horizonte (MG), é composto por 15 instituições, dentre museus, centros de cultura e de formação, que mapeiam diferentes aspectos do universo cultural e artístico.


Dentre diversas outras atrações como:

Museu de Artes e Ofícios

Museu Inimá de Paula

Memorial Minas Gerais Vale

Casa Kubitschek - JK

Jardim Zoológico de BH

Parque Municipal das Mangueiras

Parque Ecológico da Pampulha

Parque da Serra do Curral

E muito mais, podem apostar!
; )